ESCRITORA - CURSOS

PALESTRAS - COACHING - CURADORIA

Lendas urbanas

Cinco lendas urbanas contadas com sabor de mistério.

 \  Lendas urbanas

Lendas urbanas

Lendas CAPA
Editora: DCL
Ano de publicação: 2009
Ilustrações e projeto gráfico: Guto Lins

Lendas urbanas são realmente um mistério. Será que elas aconteceram de verdade ou são apenas acontecimentos modificados pela imaginação popular? Quem vivenciou algum caso jura de pé junto que é verdade. Quem não acredita nessas histórias acha que tudo não passa de invenções do povo. Mas as lendas urbanas começam assim: algo acontece em algum lugar, num determinado momento, a história vai sendo contada de boca em boca através dos anos, quem sabe até dos séculos, e um dia acaba virando lenda. Muitas vezes, a verdadeira origem daquela história fica esquecida de tanto que a história se modificou. Que nem brincadeira de telefone sem fio, que tudo vai de modificando à medida que vamos cochichando no ouvido do vizinho. Neste livro vocês vão encontrar cinco lendas urbanas contadas com sabor de mistério. A Loura do Banheiro tem origem no Rio de Janeiro, mas já se espalhou por outros estados. O Homem do Saco tem origem em Portugal, chegou ao Brasil com a colonização e se espalhou de norte a sul do país. É uma história com muitas versões e variantes. Maria Degolada tem origem em Porto Alegre no século XIX e com o passar dos anos veio ganhando novas versões que se diferem da história tida como a original. A Gangue do Palhaço tem origem em São Paulo e é conhecida em várias cidades paulistas. Todas as lendas urbanas foram recriadas ao sabor de quem conta um conto aumenta um ponto. Divirta-se com todas elas. Este livro vai deixar todo mundo de cabelo em pé! Mas ao mesmo tempo é um livro que todos querem ler e reler mil vezes. Pois é isso que acontece quando as pessoas pegam Lendas Urbanas: querem ler, reler, ler, reler, ler, reler, e tudo para enfrentarem os medos que têm de todas essas assombrações que podem existir na vida de qualquer um de nós, afinal, quem nunca teve medo?

 

Selecionado pelo Congresso Sociedade de Cultura Latina – Seção Brasil para integrar Os melhores de 2009 – categoria LIJ.

DESTAQUE

 

Deixe sua resposta