ESCRITORA - CURSOS

PALESTRAS - MENTORIA - CURADORIA

Água, Gaia, Fogo e Ar

Será que existe um jeito de crescer sem perder o encantamento das crianças?

 \  Água, Gaia, Fogo e Ar

Água, Gaia, Fogo e Ar

Editora: Nova Fronteira
Ano de publicação: 2004
Ilustrações: Victor Tavares

Apresentação do escritor Luiz Antonio Aguiar para a quarta capa do livro: ”Gaia é a Deusa-Terra, a mãe de tudo que nasce, cresce, morre e… torna a nascer no universo. Isso, para os antigos gregos. Mas Gaia também pode ser uma princesa, dessas que vivem em palácio, num reino distante, no qual a grande mágica é que ninguém precisa crescer. E Gaia pode ser também uma menina, com seu jardim encantado e sementes falantes. Uma menina feliz da vida de ser criança e com medo de se tornar igual a mãe – cheia de dores de cabeça, mal humores e contas para pagar – quando crescer. Daí, Gaia resolve: virar adulto para quê?… E taí uma pergunta danada de boa, que nem para adulto é fácil de responder. Será que as pessoas viram gente grande para largar a mágica e as brincadeiras de lado, e ir cuidar de coisa séria? Puxa, que legal, hein? Grande negócio! Ou tem jeito de crescer sem perder a graça? Crescer e continuar inventando brincadeira? Crescer e sentir sempre a mágica do mundo? Água, Gaia, Fogo e Ar é essa narrativa afetuosa, com cores de feitiço, sobre crescer, viver… e curtir viver.”

 

Selecionado para o Acervo Básico da FNLIJ 2005, para o Catálogo da Feira de Bolonha/2005 e para o PNLD 2006 SP/ FNDE/MEC.

DESTAQUE

Deixe sua resposta