ESCRITORA - CURSOS

PALESTRAS - COACHING - CURADORIA

Linha do tempo

 \  Linha do tempo
MEUS TRABALHOS, MINHA FORMAÇÃO

MEUS TRABALHOS, MINHA FORMAÇÃO

1966

Nascimento

Nasci em 28 de junho 1966, no Rio de Janeiro. Sou a filha caçula.

1970

Minha primeira escola

Estudei na Escola Parque, no início dos anos 1970. Estudar em escola que me deixava pensar e ainda por cima incentivava a arte em tempos de ditadura militar foi fundamental para a minha formação. Foi na Escola Parque que escrevi meu primeiro livro de criança. Já naquela época, éramos incentivados a criar nossas histórias e a criar. Guardo esse livrinho até hoje.

Paixão pelos livros

Para vocês terem ideia de como eu amava ler, acho que essa foto já diz tudo. A televisão rolando e eu concentradíssima...

1977

Quando descobri o livro que mudou minha vida

Depois, estudei no Colégio Rio de Janeiro até o primeiro ano do que hoje se chama Ensino Médio. Essa foto de turma é de quando eu estava na quarta série, atual quinto ano, e foi quando li A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga, livro decisivo em minha vida.

1982

Tempo de Teatro Isa Prates

De 1982 até 1986, fiz parte do grupo de Teatro Chá com Mel, no saudoso Teatro Isa Prates, coordenado pela incrível Maria Luísa Prates. Aprendi muito sobre a vida e a arte de contar histórias com Maria Luísa. E esse grupo é como uma família, já estamos na segunda geração do Chá com Mel e somos muito amigos até hoje. Ter feito teatro na minha juventude também foi fundamental para minha formação.

1984

Início de carreira

Em 1982, saí do Colégio Rio de Janeiro no meio do ano, porque resolvi fazer curso de Magistério e me tornar professora. Queria trabalhar com crianças e livros, só não sabia bem como. Foi quando acabei parando no melhor curso de Magistério que eu poderia ter feito naquela época, no Colégio Jacobina. E foi lá, aos 17 anos, que comecei a trabalhar como auxiliar de turma, na Educação Infantil.

1985

Universidade e aprendizagens

Do Colégio Jacobina, acabei indo cursar Letras, na PUC-Rio. Foram anos de muita luta e descobertas. Muitas leituras e bons professores que foram abrindo minha cabeça e me mostrando caminhos que eu poderia seguir. Fui aluna de Eliana Yunes, Junito Brandão e Silviano Santiago, professores que fizeram muita diferença em minha vida. Ter sido aluna de Eliana Yunes no curso de Literatura Infantil e Juvenil, de Silviano Santiago em Criação Literária, e de Junito Brandão em Mitologia e Literatura Greco-latina fez toda a diferença em minha formação leitora. Me formei em 1988, já grávida de meu primeiro filho, Elias. Na foto, estamos eu, Ninfa Parreiras e o nosso querido professor Junito.

1986

Minha grande Mestra

Em 1986, ainda estudante de Letras, comecei a trabalhar com Marina Quintanilha, minha grande mestra, na Biblioteca Infantil Manoel Lino Costa. Naquela época, Marina me ensinou que Biblioteca Infantil era sinônimo de Espaço Vivo e já trabalhávamos com mediação de leitura e  livro era plataforma de voo para muitos projetos. Saudades de Marina (que já partiu) e gratidão eterna!

1987

Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil

Em 1987, Luiz Raul Machado me convidou para ser sua estagiária no setor de edições da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, a FNLIJ. Cheguei a conciliar PUC, Biblioteca e FNLIJ, mas ficou muito puxado. E como a vida é feita de escolhas, acabei ficando só na PUC e na FNLIJ, só retornando para a Biblioteca em 1990, quando já havia saído da FNLIJ.

1989

Conduzindo minhas primeiras Oficinas

Nunca me afastei de Marina Quintanilha, que sempre generosa, me chamava para trabalhar com ela ou substituí-la em alguns cursos. Foi assim que comecei a ministrar Oficinas Literárias com Marina, em 1989, na Oficina Literária Afrânio Coutinho, a extinta OLAC. Assumi as turmas de Literatura Infantil e Juvenil da Escolinha de Artes do Brasil, em 1988 e 1989. Em 1998, me tornei professora da primeira turma da Oficina Escrevendo para Crianças, da Estação das Letras, onde fiquei por muitos anos. Nesta foto, estão junto comigo a minha querida Marina, três das minhas primeiras alunas: Cecília Vasconcelos, Graziela Hetzel e Hebe Coimbra, além de Beth Serra, Lucia Jurema e Rui de Oliveira. Ah! Por minhas oficinas já passaram muitas pessoas que estão publicando profissionalmente, confira quais clicando aqui.

1992

A experiência com bibliotecas escolares

Em 1992, comecei a trabalhar no Colégio Mallet Soares, primeiramente reorganizando a biblioteca, junto com uma bibliotecária incrível que me ensinou muita coisa, e depois ministrando aulas de Literatura Infantil e Juvenil para as turmas de maternal ao nono ano. Passei dez anos trabalhando nesta escola e criando diversos projetos de leitura. Também assumi a reorganização e a mediação de leitura da Biblioteca do Colégio Espaço Educação por alguns anos.

Meu primeiro livro

Foi também em 1992 que lancei meu primeiro livro, o Pra onde vão os dias que passam?, pela Editora Ao Livro Técnico, que teve ilustrações de Rui de Oliveira e quarta capa assinada por Ana Maria Machado. Atualmente este livro está publicado pela Editora Escrita Fina, com ilustrações de Martha Werneck.

1996

Nunca mais parei de viajar…

Em 1996, comecei a viajar pelo Projeto de Incentivo à Leitura PROLER, da Fundação Biblioteca Nacional, e, em 1998, pelo Projeto de Incentivo à Leitura Leia Brasil, da Petrobrás. E assim, viajei (e ainda viajo) por este imenso Brasil ministrando cursos, oficinas e palestras. Por tudo isso, já deu para notar que a professora e a escritora foram crescendo juntas. Sempre estudando muito sobre Literatura para Crianças e Jovens e Literatura de um modo geral, e sempre colocando em prática minhas reflexões, fossem nas bibliotecas, nas oficinas literárias ou nos projeto de incentivo à leitura.

1997

Surge o Atelier Vila das Artes

Em 1997, fiz meu primeiro trabalho de ilustração, numa coleção de livros de minha autoria, a Coleção 4 Elementos, publicada pela Editora Dimensão. Dessa experiência, nasceu o Atelier Vila das Artes, oferecendo cursos e oficinas voltadas para o trabalho com a literatura.

2004

Parceria com Verônica Lessa

Em 2004, me associei à Verônica Lessa e o Atelier começou a prestar serviços editoriais para diferentes empresas. De 2009 a 2013, o Atelier Vila das Artes foi responsável pela captação de originais e produção do catálogo infanto-juvenil da ZIT Editora.

2005

Enfim, Mestre!

Em 2005, me tornei Mestre em Ciência da Literatura/Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tendo defendido a dissertação 'A estética do imaginário: um olhar sobre a Literatura Infantil e Juvenil', que no ano seguinte foi publicada pela Editora DCL com o título 'Nos bastidores do Imaginário: criação de Literatura Infantil e Juvenil'.

Biblioteca Escolar Anna Claudia Ramos

Em 2005, fui homenageada com a Biblioteca Escolar Anna Claudia Ramos, pela Escola Municipal Prof. Sylvio de Castro Galindo, em Angra dos Reis/RJ.

2007

Presidindo a AEILIJ

Fui presidente da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ) por dois mandatos: de junho de 2007 a junho de 2011. Atualmente, não sou mais associada da AEILIJ. Esta foto é da Festa dos 10 anos da AEILIJ, em 2009, onde se pode ver os dois primeiros presidentes, Rogério Andrade Barbosa e Luiz Antônio Aguiar, e eu e Maurício Veneza, meu vice-presidente.

2008

Salto para o Futuro

Em 2008, fiz a consultoria da série Eventos Literários e a Formação do Leitor, para o Programa Salto para o Futuro, da TVE Brasil, e já fui convidada para participar de alguns debates de outras séries deste mesmo programa.

Leitura em Debate

Também fui curadora e mediadora do programa Leitura em Debate: a Literatura Infantil e Juvenil, da Fundação Biblioteca Nacional, programa que existiu entre 2008 a 2011. Na foto,  estou com Silvia Castrillón (Colômbia), Elizabeth Serra (Brasil) e Emilia Gallego (Cuba), minhas convidadas da primeira edição do Leitura em Debate.

2009

Festa Literária Internacional de Paraty

Desde 2009, minha empresa, o Atelier Vila das Artes, onde sou sócia de Verônica Lessa, é responsável pela idealização e produção de conteúdo do Manual da Flipinha e pelas Oficinas de Formação de Professores para apresentação do manual para a rede de educação de Paraty. Em 2016, o Atelier assumiu a curadoria da Ciranda dos Autores da Flipinha. Mas, desde 2005, participo da Flipinha e ajudei a criar as Cirandas dos Autores.

Sala de Leitura Anna Claudia Ramos

Em 2009, fui homenageada com a Sala de Leitura Anna Claudia Ramos, pelo CIEP Tancredo Neves, no Rio de Janeiro.

2010

Uma homenagem dos meus leitores Caxienses

Em 2010, a Escola Alves Corrêa, em Duque de Caxias/RJ também me homenageou com a Sala de Leitura Anna Claudia Ramos. Obrigada Michelle Corrêa, pelo convite!

Projetos de Leitura

Começo a participar dos Projetos de Incentivo à Leitura: Passaporte Literário e Fala Autor, do SESC- RJ; e Projeto Literatura Viva, do SESI-SP, Mala do Autor, do SESC-Interlagos/SP, entre outros, e venho percorrido várias cidades brasileiras.

2011

Reconhecimento internacional

Participei da Fiera del Libro di Bologna nos anos de 2011, 2012, 2013 e 2014, onde  comecei a fazer contatos com editoras estrangeiras. Em 2013, fui convidada para escrever um livro juvenil para a editora italiana ELI. O livro foi lançado na Feira do Livro de Frankfurt, em 2013 com o título Expedition Brazil. Em 2014, ministrei uma palestra intitulada O Futuro da Educação já chegou: Literatura para crianças e jovens na Nuvem, ano em que o Brasil foi o país homenageado na Fiera del Libro di Bologna.

2012

Meus livros são adotados na França

Desde 2012, alguns de meus livros vem sendo adotados pela seção portuguesa do Lycee Internacional de Saint-Germain-en-Laye, na França, pela professora Isabel Pereira da Costa, onde tenho participado de debates presenciais com alunos.

Homenagem da Unigranrio

Em 2012, fui homenageada pela professora Cintia Barreto e sua turma no II Encontro da Especialização em Literatura Infantil e Juvenil, da Unigranrio. Foi uma manhã de muitas emoções. Falei sobre a menina inventadeira que virou escritora, as professoras prepararam homenagens, falaram de minha vida e carreira. Foi lindo!

A homenagem dos meus leitores Friburguenses

Em 2012 com mais uma Sala de Leitura, desta vez na Escola Municipal Messias Teixeira, em Nova Friburgo/RJ. Obrigada Marcia Machado, pelo convite!

A alegria de representar o Brasil

Foram várias oportunidades de representar o Brasil em Feiras Internacionais.Desta vez foi na Feria del Libro de Guadalajara (2012), onde participei do Salão dos Ilustradores com o painel 'Como nasce um livro ilustrado', com a ilustradora Anielizabeth, e da mesa-redonda 'Una mirada ao Brasil', com Marisa Lajolo, Susanna Florissi e Carlo Carenho, e de dois debates sobre processos de criação, no estande do Brasilian Publisher.

2013

A Língua Portuguesa encanta e conquista o mundo

Em 2013, fui convidada para participar da mesa-redonda 'A Língua Portuguesa encanta e conquista o mundo', na Feira de Livros de Frankfurt (Alemanha), junto com Maria Lucia Carbone Versa, Erotildes Moreira e mediação de Susanna Florissi, e para mediar Regina Drummond no painel 'O livro infantil na ponte Brasil-Alemanha', no estande do Brasil.

2014

E lá fui eu para a Itália…

Em 2014, participei de diversos encontros com alunos em escolas e creches de San Donà di Piave/Veneza, na Itália, promovidos pela Società Cooperativa Social La Traccia. Fui convidada por Nireide Costa, uma brasileira que mora e trabalha na Itália, para fazer parte deste projeto incrível. Trocar experiências com pais e educadores italianos e conversar com os leitores e conhecer a equipe que me recepcionou foi uma delícia.

2016

Patrona em Capão da Canoa/RS

Foi com grande alegria que recebi o convite de Patrícia, da SME, para ser a patrona da 10ª Feira do Livro de Capão da Canoa "Ler, Sonhar, Brincar...Construindo Cultura". Foram momentos incríveis, até entrevistada eu fui para montarem uma peça de Teatro contando a história da minha vida. Os atores Juliano Canal e Morgana Rodrigues, do Teatro Nó Cego, arrasaram e me fizeram rir e chorar. Foi a maior emoção!

Prêmio Literário Guavira 2016

Meu livro No meio do caminho tem uma porta foi vencedor na Categoria Livro Juvenil do Prêmio Guavira de Literatura, da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul.

Minha paixão é escrever

Atualmente, viajo mundo afora ministrando palestras e oficinas sobre minha experiência com leitura e como escritora e especialista em Literatura Infantil e Juvenil.  Tenho participado, como autora convidada, das principais Feiras de Livros do Brasil e do Exterior, e de diversas feiras de livros escolares. Em 2015 fui curadora da Feira do Livro Indígena do Mato Grosso (FLIMT) e, em 2016, patrona da Feira do Livro de Capão da Canoa (RS). Tudo isso junto e misturado é um pouco da minha trajetória profissional nesta vida. Mas muitos trabalhos e muitas pessoas passaram por minha vida nos últimos anos que fica até difícil resumir tudo em uma linha do tempo. Claro que no meio de tudo isso, a escritora foi crescendo e hoje tenho muitos livros publicados. Muitos mesmo!